Em um vídeo divulgado nas redes sociais na manhã desta terça-feira, 14, o prefeito de Castro, Moacyr Fadel, anunciou o fechamento temporário das divisas do município e testagem em massa da população contra o coronavírus. “Recebi orientação da 3ª Regional de Saúde para que Castro ingresse também ao decreto do Governo Estadual para lockdown de 14 dias. Não iremos fazer isso!”, iniciou o prefeito.

“Vamos fazer um vazio sanitário de sexta (17) até segunda (20), fechando tudo, inclusive as nossas barreiras que dão acesso ao município de Castro”, declarou. Além das divisas, o comércio local também deverá ter as atividades suspensas. De acordo com a Prefeitura, ainda nesta semana deverá ser publicado um decreto, em Diário Oficial, com as informações dos serviços que poderão funcionar durante este período.

“Com isso, nesta terça (21), iniciaremos os testes [para identificação do coronavírus]. Com o apoio do comércio e das nossas indústrias empregadoras, faremos testes na grande maioria da população. Pretendemos atingir 10 mil testes”, afirmou.

Segundo o prefeito, todos os funcionários da prefeitura serão testados. Além disso, a expectativa é de que 50% dos moradores do município também sejam testados. “Peço que a indústria e o comércio façam sua parte também. Assim, teremos um diagnóstico para identificar aquelas pessoas que são assintomáticas, podendo assim fazer o isolamento necessário por região. Aí sim poderemos levar uma vida normal no nosso município, com todos os cuidados, mas sem fechar mais nada”, reforçou.

Fadel pediu a colaboração para que a população permaneça em casa nestes dias de testagem. “Peço a colaboração de todos. Nos ajudem nesses quatro dias. Fiquem em casa para que possamos fazer esse projeto com grande eficácia a partir de terça-feira (21)”, concluiu.

ASSISTA AO VÍDEO