Eduardo Bolsonaro (PL-SP) partiu para cima do deputado Dionilso Marcon (PT-RS) em sessão da Comissão de Trabalho da Câmara, na tarde desta quarta-feira (19/4). A discussão ocorreu por causa de falas envolvendo o atentado sofrido por Jair Bolsonaro (PL) na eleição de 2018, em Juiz de Fora (MG).

Na comissão, parlamentares discutiam a composição do colegiado, e Eduardo Bolsonaro começou a falar do ocorrido com o pai. Em resposta, o parlamentar petista gritou: “Facada fake”.

Os parlamentares trocaram xingamentos e, quando o Marcon comentou a suposta falta de sangue no ferimento do então candidato à Presidência, o filho 02 do ex-presidente se levantou e partiu para cima do parlamentar. Ele foi contido por colegas.

“Olha o nível de provocação! [Vou] Dar uma facada no seu bucho, quero ver o que você vai fazer. Facada fake? Meu pai quase morreu com essa facada. Facada teu c*, seu viado, filho da puta”, disse Eduardo.

Eles seguiram trocando xingamentos. A sessão foi suspensa por alguns minutos e depois foi retomada. O deputado Marcon afirmou que Eduardo quebrou o decoro parlamentar e vai pedir uma punição na Comissão de Ética.

O momento foi compartilho por Eduardo Bolsonaro em seu Twitter. Confira abaixo:

Foto: Reprodução

leia a matéria completa no Metrópoles