Padroeira e símbolo da cidade de Nossa Senhora das Graças, cidade de quatro mil habitantes na região noroeste do Paraná, a santa de mesmo nome teve as mãos arrancadas em um ato de vandalismo.

A imagem fica na entrada da cidade, às margens da BR 317, a 1 km de distância do município. O local não tem câmeras de segurança, o que dificulta a investigação.

A prefeitura da cidade registrou um boletim de ocorrência, porém a polícia ainda não tem suspeitos para o crime. “A cidade está revoltada, é uma revolta só. Uma falta de respeito com o patrimônio público e com a fé das pessoas. A indignação dos moradores é muito grande”, desabafou Francisco Lorival Maratta, prefeito da cidade.

A prefeitura e a paróquia da cidade estudam uma alternativa para restaurar a imagem da santa.

Foto: Prefeitura de Nossa Senhora das Graças

Por DPonta News