O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar na noite desta terça-feira, 06, o recurso impetrado pelo candidato eleito a deputado federal sub júdice, Jocelito Canto (PSDB). A sessão deve ter início às 19h. A previsão era de que o julgamento acontecesse na sessão da última quinta-feira, 01, porém, no início dos trabalhos, o presidente do TSE, Ministro Alexandre de Moraes, comunicou o adiamento do caso sem informar maiores detalhes.

Logo após a decisão do adiamento, Jocelito Canto divulgou um vídeo nas redes sociais falando sobre o adiamento da decisão e a contratação de um novo advogado de Sandro Alex para atuar no caso.

Relembre o caso

Jocelito Canto obteve 74.348 votos para deputado federal do Paraná e foi o mais votado entre todos os candidatos em Ponta Grossa. A candidatura foi indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral, no dia 22 de setembro.

Movida pelo deputado federal, então candidato, Sandro Alex (PSD), concorrente direto de Jocelito na disputa por votos, a ação alegava inelegibilidade de Canto devido a um caso de cessão de um policial militar pelo, então, presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Aníbal Khury (1924-1999), no final dos anos 90, para segurança do chefe do Executivo, quando Jocelito era prefeito de Ponta Grossa. Com a decisão pela inelegibilidade no TRE-PR, Jocelito recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília.