Três suspeitos devem ser indiciados pelo a morte do advogado Igor Martinho Kalluf, 40 anos, e Henrique Mendes Neto, 38 anos. Eles foram mortos no último dis 11 de junho em um tiroteio ocorrido na loja de conveniência de um posto de combustíveis da região central de Curitiba. A informação é da Polícia Civil do Paraná que concluiu o inquérito policial aberto para apurar o duplo homicídio.

Os três suspeitos envolvidos no crime foram indiciados por duplo homicídio quadruplamente qualificado.

A morte dos dois teria sido causada por uma cobrança de uma dívida de cerca de R$ 500 mil em pedra preciosas compradas de um ourives de São Paulo. Segundo a delegada Tathiana Guzella, Kalluf teria sido contratado por este ourives para fazer a cobrança do valor. A dívida seria referente a venda de pedras preciosas, no caso esmeraldas.

Informações/Foto: Bem Paraná