A candidata ao Governo do Estado do Paraná Professora Angela (Federação PSOL/REDE) teve seu registro deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR). A decisão do relator Thiago Paiva dos Santos foi publicada na terça (6). Segundo o documento, “todas as condições de elegibilidade foram preenchidas, não havendo informação de causa de inelegibilidade”.

Além de Professora Angela, já haviam sido deferidos os registros de candidatura do governador Ratinho Junior (PSD), que concorre à reeleição; Vivi Motta (PCB); Professor Ivan (PSTU) e Solange Ferreira Bueno (PMN).

O candidato Adriano Teixeira (PCO) já recebeu manifestação do relator pelo deferimento de sua candidatura. Ricardo Gomyde (PDT) foi intimado na segunda (5) a apresentar certidões de domicílio eleitoral – o prazo estipulado de três dias se encerra nesta quinta (8). Roberto Requião (PT) foi intimado a apresentar certidões explicativas referentes aos autos de processos registrados em 1997, 2007 e 2012. O prazo de Requião para apresentar os documentos se encerra na sexta (9).

Quanto ao candidato Joni Corrêa (DC), a procuradora regional eleitoral substituta Eloísa Helena Machado, na semana passada, se manifestou pelo indeferimento da candidatura. Segundo apontam os documentos listados, há problemas relacionados à filiação partidária do candidato, que não teria ocorrido dentro do prazo legal. A defesa já apresentou manifestação junto ao TRE-PR.

O Tribunal Regional Eleitoral tem até a segunda-feira (12) para julgar os pedidos de registro de candidatura.

Com informações do DivulgaCand