De acordo com Valdinei Silva, a medida só será necessária se não tiver outra opção para o estadual

A indefinição sobre quando o futebol brasileiro vai retornar após a pandemia do novo coronavírus gera uma dúvida sobre o futuro do Campeonato Paranaense. Em entrevista à Banda B, o presidente do FC Cascavel, Valdinei Silva, defendeu que o Coritiba, líder da fase de classificação, seja declarado campeão se não houver data para o término do estadual.

“Se voltar muito rápido, nós somos favoráveis que seja jogado dentro de campo e disputado a segunda mata-mata para definir o campeão e os classificados para a Copa do Brasil. Se tiver que acabar assim, o entendimento é que o Campeonato Paranaense é o único que pode, com muita tranquilidade, determinar o campeão e as demais posições. A primeira fase foi jogada na íntegra e os times foram rebaixados dentro de campo. Se o Campeonato Paranaense tivesse que acabar hoje, o campeão seria o Coritiba. Isso é uma conversa que defendemos mediante a necessidade de encerrar o campeonato. Se acontecer a normalidade dentro dos próximos 30 dias, nós entendemos que dá para jogar a segunda fase e definir o campeão dentro do campo”, afirmou Silva.

O Campeonato Paranaense foi interrompido após a disputa da última rodada da fase de classificação. União e PSTC foram rebaixados depois dos tropeços para FC Cascavel e Cascavel CR, respectivamente. Além dos dois rebaixados, o estadual já definiu os três classificados para a Série D do Campeonato Brasileiro de 2021: FC Cascavel, Cianorte e Rio Branco. Ainda está em jogo a disputa do campeão e dos representantes na Copa do Brasil de 2021.

Em relação à Série D, o FC Cascavel espera que o regulamento seja mantido. Para 2020, a competição terá um aumento de 16 para 26 datas, com 14 jogos apenas na fase de grupos. “A gente continua acreditando nisso, mas depende muito da evolução da doença e como esse vírus vai se comportar no nosso país. Quanto mais cedo as coisas voltarem a sua normalidade, menor serão os prejuízos nas áreas de saúde e economia. Se tudo voltar em 30 dias, daria para disputar o Paranaense e jogar a Série D. Se a paralisação for de 90 dias, tem que sentar e ver tudo”, comentou o presidente.

Por DPonta News