Desde o mês de janeiro, com o aumento no número de casos de pacientes com sintomas respiratórios, a Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com a 3ª Regional de Saúde, construíram um novo protocolo para testagem de pacientes suspeitos de Covid.

O Município disponibilizou testes rápidos para detecção de Covid-19 em todas as unidades de saúde para que a população possa realizar a testagem próximo a sua residência, facilitando também o acesso aos testes para a população da área rural.

Já nas unidades que não tenham o profissional para realizar o teste no momento, foi reativado o serviço de suporte para que os pacientes possam ser encaminhados à Central Covid.

Quando procurar pelo teste

O usuário que esteja com sintomas de gripe há mais de 24 horas, deve primeiramente procurar sua ESF/unidade de saúde de referência, na qual será realizado o teste rápido.

Se, por algum motivo, o posto de saúde não conseguir atender o usuário, o profissional que o atender lhe entregará uma carta de encaminhamento e será solicitado que ele procure a Central Covid, munido de documentação pessoal e da carta, para em seguida realizar o teste.

A coleta é realizada através de SWAB, popularmente conhecido como cotonete, em apenas uma das narinas. Entre 15 e 20 minutos após o teste, o resultado já é revelado.

Se um familiar testa positivo, não há necessidade de realizar coleta nas outras pessoas que moram na mesma casa ou que tiveram contato. Só devem realizar testes os pacientes que estejam com sintomas há mais de 24 horas.

Se o paciente estiver com sintomas há oito dias ou mais, o teste rápido do cotonete não é indicado e nesse caso será realizado outro exame, com coleta de sangue.

Este tipo de exame é semelhante a realização do “exame de diabetes”, pois o profissional da saúde faz um leve furo em um dos dedos do paciente e coleta uma gota de sangue. Em 10 minutos o resultado do exame é revelado.

Qualquer pessoa que apresente sintomas de gripe há mais de 24 horas deve procurar a sua unidade de saúde para ser atendido.

Ressaltamos que todas as unidades de saúde do município atendem aos pacientes com sintomas de forma segura e seguindo todos os protocolos de biossegurança.

Pronto Atendimento

Todos os pacientes com sintomas graves, como falta de ar ou desconforto respiratório, febre alta persistente, confusão mental, dor persistente ou sensação de pressão no peito, vomito e/ou diarreia com mais de cinco episódios (risco de desidratação em idoso e criança) e dor de cabeça intensa e persistente, devem procurar imediatamente o serviço de Pronto Atendimento Municipal.

Dúvidas

Mais informações sobre realização de testes de Covid-19, sintomas e/ou dúvidas podem ser esclarecidos diretamente com a Central Covid, através do telefone/whats (62) 98325-7366.