Desenvolvido pela NASA, o respirador ‘VIDA’ será produzido no Brasil. No último dia 17 de agosto, a empresa de equipamentos médicos Russer, de Indaiatuba (SP), recebeu a liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para produzir e comercializar o equipamento no Brasil. O aparelho é essencial para o funcionamento das Unidades de Terapia Intensiva (UTI), no atendimento aos pacientes da COVID-19.

Desenvolvido pelo Laboratório de Propulsão a Jato da Agência Espacial dos Estados Unidos, o respirador VIDA passou por algumas adaptações e o primeiro lote produzido no Brasil deve contar com 300 aparelhos. Cada um custa cerca de R$ 59 mil.

Os governos dos Estados e municípios do Brasil tiveram dificuldade para comprar de respiradores durante a pandemia, pois a corrida mundial pelo produto provocou o cancelamento de compras públicas e o país ficou dependente da produção da indústria nacional, que realizou uma força tarefa para ampliar o número de respiradores fabricados.

Com informações do Portal Terra / Foto: AEN