Nesta terça-feira, no plenário da Assembleia Legislativa do Paraná, o Deputado Estadual Requião Filho (MDB) falou sobre a situação salarial defasada dos servidores públicos paranaenses.

Em especial, a dos policiais militares que receberam uma “oferta” do Governador para fazer jornada-extra, mas ainda assim, em condições desfavoráveis. Requião Filho comparou o salário congelado dos policiais há seis anos, com a inflação dos preços dos alimentos, de itens básicos como gás, energia e outros, durante o mesmo período.

Assista:

 

“Por não conhecer a realidade dos policiais do Paraná, o Governador acha que o problema é só dinheiro. Mede nossos PMS pela própria régua. Mas nossos PMs trabalham por amor a farda, e querem e merecem respeito. Condições dignas de trabalho e oportunidade de subir na carreira. As escalas estão puxadas. Junto a isso a falta de efetivo e inúmeras operações midiáticas que sugam o sangue da tropa. Nossos PMs estão doentes e esgotados. Trabalhar mais e em péssimas condições não vai resolver o problema. Coloca a vida de todos em risco por achar que todos os PMs só trabalham por dinheiro”, destacou mais cedo em suas redes sociais.

 
Por: Requião filho