O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Jr., enviou para a Assembleia Legislativa uma proposta de emenda ao projeto de Gratificação Especial pelo Serviço do Inativo dos Integrantes do Colégio Cívico Militar. Dessa maneira, seria ampliado o número de militares da reserva que estariam aptos a trabalhar com o regime de gratificação especial.

Na mensagem o governador propõe que os militares também atuem nas áreas das rodovias cujas atuais concessões vencem no dia 27/11. Até que outra empresa assuma a responsabilidade de cuidar das vias, os militares da reserva ficariam incumbidos de manter o funcionamento das operações em rodovias estaduais. “Esse modelo de contratação de pessoal também será utilizado para viabilizar a operação que manterá a segurança dos trechos de rodovia concessionados, durante o período de transição entre contratos, a ser realizada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública. Também, no âmbito da mesma Secretaria (SESP), todos os órgãos demandarão o emprego de tão qualificado efetivo veterano, em suas tarefas não finalísticas, em concorrência à aplicação desse Corpo de militares em locais necessários para manter a continuidade das operações mínimas entre o término das atuais concessões públicas da malha rodoviária estatal e novas concessões que serão firmadas”, explica o governador na mensagem.

Informações: Tribuna