O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, classificou como uma irresponsabilidade a festa clandestina realizada em um bar localizado no bairro Los Angeles. Na manhã desta quinta-feira (28), ele usou o ‘Programa Nilson de Oliveira, transmitido pela Rádio Mundi FM para criticar a atitude.

“Uma irresponsabilidade, estão colocando a cidade em risco”, frisa Rangel. Ele lembrou que, em Ponta Grossa, um decreto municipal proíbe a realização de festas e eventos como uma das medidas para conter o avanço do novo coronavírus.

 “Numa festa que tinha 20 pessoas, saem seis infectados. Desses seis, um vai para a UTI. As outras pessoas voltam para a casa e passam o vírus para a família. Aí o Los Angeles vira o epicentro da doença [no município] e não se sabe o porquê”, comenta.

O prefeito reforça que o descumprimento das medidas de prevenção pode ter impacto em todo o município. “Daí teve que fechar tudo no bairro ou fechar tudo na cidade inteira por causa de uma festinha inteira e de alguns irresponsáveis que não estão nem aí com o nada. Não estão nem aí com a saúde do próximo e nem da própria família”, enfatiza.

Entenda o caso

Na última quarta-feira (27), por volta das 19h, a Guarda Municipal recebeu denúncias de aglomeração em um bar no bairro Los Angeles. Agentes se deslocaram até o local e dispersaram o grupo. Durante a abordagem, a Guarda Municipal verificou que havia um mandado de prisão contra um dos jovens e ele foi encaminhado à 13ª SDP. As demais pessoas foram dispensadas.

Por DPontaNews