O Partido Socialismo e Liberdade – PSOL/PG que lançou a candidatura própria do Professor Gadini para prefeito e Professor Lineu para vice, entra na disputa eleitoral de 2020 como o único partido que não fez coligações. Os recursos de campanha são bastante reduzidos comparados às demais candidaturas concorrentes. De acordo com o partido, a aposta é contar com o financiamento de doações espontâneas que representam importante apoio popular, porque não entra no esquema da velha política.

“Nossa campanha conta com trabalho voluntário de colaboradores, militantes e apoiadores, além de pequenas doações, que asseguram condições para apresentar propostas concretas para Mudar de Verdade a situação política e administrativa na Cidade, sem precisar de qualquer tipo de acordo que comprometa a independência e autonomia da candidatura e do Partido Socialismo e Liberdade”, afirma Professor Gadini.

A candidatura que disputa a prefeitura de Ponta Grossa é feita por equipe reduzida de profissionais da comunicação preocupada em informar os eleitores sobre as propostas do partido para resolver os problemas sociais da cidade. O material veiculado é proposto e pensado de forma coletiva, numa abordagem simples e direta, sem os recursos das grandes e milionárias produções. De acordo com o PSOL, a iniciativa revela que é possível fazer campanha de forma diferente do que se vê nos últimos 20 anos.

Para contribuir acesse o link: https://professorgadini.financie.de/

Da assessoria