A partir de 2023 Palmeira passa a contar com uma escola municipal de ensino em tempo integral. A Escola Municipal Nossa Senhora do Rocio, localizada no bairro do Rocio II, será o estabelecimento que irá receber alunos em período integral.

Além de atender os estudantes que já estão matriculados na própria escola, a Escola Nossa Senhora do Rocio também receberá os alunos da Escola Municipal Anna Ferreira de Freitas.

A ação foi feita em acordo entre a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer e o Núcleo Regional de Educação de Ponta Grossa, que levará o Colégio Estadual Amadeu Mário Margraf, o qual funcionava nas dependências da escola municipal, para o Colégio David Carneiro, que é estadual. Desta forma, cada mantenedora (Município e Estado) ficará com seus respectivos prédios.

Para a secretária Municipal de Educação, Esporte e Lazer, Márcia Regina Pereira Ristow, a ação deve nortear a educação do Município nos próximos anos. “Temos que valorizar essa escola, pois estamos começando a cumprir uma das metas do Plano Municipal de Educação, que prevê Escola em tempo Integral para os alunos da Educação Básica. Até o momento só tínhamos educação em tempo integral para as crianças de 0 a 3 anos nas creches. Esse plano foi elaborado em 2015 para ser realizado em 10 anos, mas até agora o Município não tinha iniciado com as turmas do primeiro ao quinto ano. Ponta Grossa tem 85% das escolas em tempo integral e Curitiba anunciou que em 2023 terá 100% das escolas em tempo integral. Aqui em Palmeira vamos começar com a escola integral em 2023, seguir e desenvolver as propostas do Plano Municipal de Educação”, disse.

Os estudantes da escola terão aulas dos componentes curriculares pela manhã e no período da tarde, de segunda a quinta-feira, terão projetos diversificados alternados. Já o período da tarde de sexta-feira será utilizado para planejamento coletivo do corpo docente, formação em serviço e organização dos espaços escolares.

Vagas

Neste primeiro momento as vagas na Escola Municipal Nossa Senhora do Rocio para 2023 estão garantidas para os alunos da própria escola e para os estudantes da Escola Municipal Anna Ferreira de Freitas, além dos alunos que irão para o primeiro ano.

Foto: Reprodução/Arquivo