Prefeitura fará operação por causa da pandemia da Covid-19. Matinhos também instalará barreira para monitorar entrada na cidade.

 

Pontal do Paraná, no litoral do Paraná, irá instalar uma barreira para impedir o acesso de moradores de outras cidades no município por quatro dias, a partir de quarta-feira (10). A ação foi batizada de Operação Corpus Christi e será feita durante o feriado.

A medida foi tomada por causa da pandemia do novo coronavírus. Pontal do Paraná tem 12 casos da Covid-19, segundo a Secretaria Estadual da Saúde. Em todo o estado, são 7 mil casos confirmados e 243 mortes provocadas pela doença.

Segundo a prefeitura, a barreira funcionará a partir das 12h do dia 10 de junho, até as 18h do dia 14 de junho, no acesso da PR-407.

Pessoas que moram em outras cidades só poderão entrar se trabalharem no município ou precisarem de atendimento de saúde.

Moradores que deixarem a cidade e retornarem durante o período que a barreira estiver ativa passarão por um protocolo com o registro da viagem para monitoramento.

Conforme o decreto da Prefeitura de Pontal do Paraná, o Comitê de Crise da cidade indicou a medida levando em consideração o fluxo de turistas durante feriados prolongados, como o de quinta-feira (11).

Além disso, o decreto cita ainda déficit de estrutura e no quadro de funcionários para fiscalização municipal.

Matinhos

A Prefeitura de Matinhos também irá instalar uma barreira sanitária a partir de quarta-feira.

Anteriormente, a Prefeitura de Pontal do Paraná havia publicado um comunicado informando que a Operação Corpus Christi iria funcionar também em Matinhos, com o impedimento de entrada de não moradores.

No entanto, a gestão municipal de Matinhos afirmou que não irá barrar a entrada de turistas.

Segundo a prefeitura, a barreira sanitária também funcionará do dia 10 ao dia 14. Agentes estarão na entrada da cidade medindo a temperatura e entregando um questionário para os visitantes.

Informações do G 1 / Imagem – AEN