A Petrobras informou às distribuidoras que a partir da quarta-feira, 8, a gasolina estará 5% mais caras nas refinarias, o segundo aumento do mês de julho, acompanhando a recuperação do preço do petróleo no mercado internacional. No dia 1º de julho, o combustível havia sido reajustado em 3%.

Já o preço do diesel desta vez não foi alterado, depois de subir 6% no primeiro dia do mês. Segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), o aumento médio da gasolina será de R$ 0,0797 o litro.

O petróleo tem se mantido em patamar acima de US$ 40 o barril nas últimas semanas, impulsionado por uma percepção de aumento de demanda pela commodity. Nesta terça, o petróleo do tipo Brent, usado como parâmetro pela Petrobras, subia 0,42% para os contratos de setembro, cotado a US$ 43,29 o barril.

Saiba mais em: https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2020/07/07/internas_economia,1163423/petrobras-anuncia-aumento-de-5-na-gasolina-valido-a-partir-do-dia-8.shtml

Informações: Estadão Conteúdo/Foto: Sergio Moraes/Reuters