Imagens, que já tinham circulado anteriormente, chegaram a despertar em alguns a suspeita de que se tratavam de alienígenas.

O Pentágono divulgou, oficialmente, três vídeos filmados por pilotos da Marinha americana que mostram objetos voadores não identificados (OVNIs). Um desses vídeos com imagem em preto e branco é de novembro de 2004, e os outros dois, de janeiro de 2015. Eles circulam na Internet há algum tempo, principalmente depois de terem sido publicados pelo jornal “The New York Times”. Em um comunicado divulgado ontem, o Departamento americano da Defesa dos EUA explicou que decidiu divulgá-los “para dissipar qualquer ideia falsa do público sobre a veracidade, ou não, das imagens transmitidas, ou sobre saber se havia mais, ou não”.

Rivendell Inonog@RivendellInonog

Pentagon officially releases 3 videos of UFO that show “unexplained aerial phenomena”.

This two was taken in 2015.

Vídeo incorporado

734 pessoas estão falando sobre isso
Rivendell Inonog@RivendellInonog

Pentagon officially releases 3 videos of UFO that show “unexplained aerial phenomena”.

This two was taken in 2015.

Vídeo incorporado

Rivendell Inonog@RivendellInonog

Another video of UFO from Pentagon.

This one was taken in 2004.

109 pessoas estão falando sobre isso

“O fenômeno aéreo observado nos vídeos ainda é classificado como ‘não identificado’”, acrescentou o Pentágono. Em uma dessas gravações, observa-se um objeto de forma elíptica que se move rapidamente. Alguns segundos depois de ser detectado por um dos sensores da Marinha, desaparece pela esquerda, após uma aceleração repentina. Em outro vídeo, um objeto é visto acima das nuvens. Ouve-se no áudio da cabine o piloto ser questionado sobre se o aparelho um drone.

“Tem um enxame (…) Meu Deus, estão todos contra o vento! Um vento oeste de 120 nós!”, diz seu parceiro de voo. “Olhe para isso!”, afirma o interlocutor, no momento em que o objeto começa a girar. O piloto aposentado da Marinha David Fravor, que viu um desses OVNIs em 2004, disse à rede de notícias americana CNN em 2017 que o objeto se deslocava de forma irregular.

“Quando me aproximei dele, ele acelerou rapidamente para o sul e desapareceu em menos de dois segundos”, relatou, acrescentando que era “como uma bola de pingue-pongue quicando em uma parede”. Harry Reid, ex-senador de Nevada, estado onde estão localizadas as instalações secretas da Área 51 da Força Aérea, comemorou em um tuíte que o Pentágono tenha divulgado essas imagens. Lamentou, porém, que os vídeos “apenas toquem a superfície das investigações e da documentação disponível”.

“Os Estados Unidos devem examinar isso séria e cientificamente, assim como todas as implicações potenciais para a segurança nacional. O povo americano merece ser informado”, escreveu ele. Em dezembro de 2017, o Departamento da Defesa reconheceu ter financiado até 2012 um programa secreto de vários milhões de dólares para investigar o aparecimento de OVNIs. Os três vídeos – “FLIR”, “GOFAST” e “GIMBAL” – podem ser baixados do site “Naval Air Systems Command”.

Por IstoÉ