Após ser fechado no domingo (29) em razão das fortes chuvas, o Parque Estadual do Guartelá, em Tibagi, nos Campos Gerais, funcionará parcialmente a partir desta terça-feira (31). As seguidas tempestades, com cheias e alagamentos, causaram diversos danos à Unidade de Conservação (UC). A Cachoeira da Ponte de Pedra e o mirante ficarão inacessíveis por tempo indeterminado já que parte das estruturas da ponte que leva os visitantes aos espaços caiu.

As trilhas que dão acesso aos panelões, à prainha e às pinturas rupestres do parque, também não poderão ser utilizadas até que a água acumulada seja escoada e o caminho possa ser reconstituído. A medida do Instituto Água e Terra (IAT), órgão ambiental responsável pela administração do Guartelá, atende a uma orientação da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil para garantir a segurança dos frequentadores do complexo – neste momento apenas a recepção e o espaço para motorhomes estão autorizados a receber público.

OUTROS PARQUES – Em relação aos parques estaduais que foram fechados no fim de semana por motivo de segurança, o Pico Paraná, nos municípios de Campina Grande do Sul e Antonina, e Serra da Baitaca, em Piraquara e Quatro Barras, seguirão sem receber visitantes pelo menos até esta terça-feira (31), seguindo a previsão do tempo de chuvas fortes para a região.

Já o Parque Estadual Pico do Marumbi, em Morretes, no Litoral, reabriu nesta segunda-feira (30) e está funcionando normalmente. Porém, permanece sob monitoramento, podendo ser fechado novamente caso as condições climáticas voltem a preocupar.

Foto: IAT-PR

da AEN