O Governo do Estado recebe neste sábado (20), às 14h30, mais 240.450 doses de vacinas contra o coronavírus. São 234.200 doses da Coronavac, produzida pela Sinovac e Instituto Butantan, e 6.250 do imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford/AstraZeneca, parte do primeiro lote fabricado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

As doses serão encaminhadas para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) para o registro e armazenamento. A distribuição entre as 22 Regionais de Saúde do Estado será nesta segunda-feira (22). As doses serão enviadas por transporte terrestre.

Este é o 9.º lote encaminhado pelo Ministério da Saúde, totalizando 1.500.450 doses recebidas pelo Paraná. De acordo com a Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações, as vacinas deverão ser aplicadas em três grupos prioritários: idosos, profissionais da saúde e povos de comunidades tradicionais e quilombolas.

VACINAÇÃO – Conforme orientação, as unidades da Astrazeneca serão enviadas para as comunidades tradicionais e quilombolas. A estimativa é que 6.077 pessoas sejam vacinadas no Paraná, cerca de 63% desta população no Estado.

Das unidades da Coronavac, 11.212 serão aplicadas em profissionais da saúde, sendo 4,7% do montante recebido. O restante terá como foco idosos com mais de 75 anos.

Até esta sexta-feira, 553.135 paranaenses foram vacinados e 745.046 doses foram aplicadas, sendo 191.911 aqueles que já receberam a segunda dose, garantindo sua imunização por completo.

Com a nova remessa, já são 1.305.200 doses da Coronavac/Instituto Butantan e 195.250 unidades do imunizante produzido na parceria entre Universidade de Oxford, AstraZeneca e Fiocruz.

A expectativa do Paraná é de chegar à marca de 4 milhões de pessoas vacinadas até maio de 2021, seguindo as diretrizes de grupos prioritários previstas no Plano Estadual de Vacinação.

Da AEN