O Paraná recebeu nesta terça-feira (26), do Conselho Mundial de Viagens e Turismo, o Selo Safe Travels e o título de embaixador do turismo seguro em relação às medidas sanitárias contra à Covid-19. O selo ajuda a promover o turismo e a economia, oferecendo segurança aos turistas que visitam o Estado. Com o título de embaixador do turismo seguro, o Estado pode emitir certificados para municípios e empreendimentos que cumprem as normas de segurança.

Na mesma cerimônia, realizada no Palácio das Araucárias, em Curitiba, a Paraná Turismo entregou certificados aos municípios de Curitiba, Ponta Grossa e Foz do Iguaçu e aos empreendimentos Muro Alto, do setor de eventos, de Quatro Barras, na Região Metropolitana da Capital; o Jeito Mineiro Restaurante e o Hotel San Juan Royal, ambos de Curitiba. Para o vice-governador, Darci Piana, a conquista do selo e do título de embaixador do turismo seguro representam um salto na promoção do setor.

Segundo o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, o Governo do Estado tem procurado ampliar o reconhecimento do Paraná como destino turístico. O diretor-presidente da Paraná Turismo, João Jacob Mehl, destacou que a conquista do Selo Safe Travels se soma a outras iniciativas desenvolvidas no Brasil pelo Ministério do Turismo, como o Selo Turismo Responsável, que já vem sendo adotado por empresas do segmento no Paraná.

Para conquistar o selo e o título de embaixador do turismo seguro, o Estado teve que seguir uma série de pré-requisitos, que são atualizados conforme as informações disponíveis sobre a Covid-19. O primeiro passo foi a criação de um Grupo de Trabalho para elaborar Manuais de Conduta Segura na Prevenção da Covid. Ao todo, foram cinco manuais específicos para os setores de alimentação, bares e restaurantes, hospedagem, eventos, atrativos turísticos culturais e naturais e agenciamento e transporte. Em todo o Estado, 220 empresas já estão habilitadas a receber o certificado e outras 469 estão em fase de capacitação junto à Paraná Turismo e o Sebrae-PR para garantir o selo de segurança em relação às medidas sanitárias adotadas.

Informações: AEN