O papa Francisco será submetido a uma operação no abdômen na tarde desta quarta-feira no hospital Gemelli de Roma, informou o Vaticano em comunicado, acrescentando que o pontífice de 86 anos deverá passar vários dias no hospital.

A cirurgia é a última de uma série de preocupações com a saúde do líder dos 1,4 bilhão de católicos do mundo, que tem sido papa nos últimos 10 anos.

Ele chegou ao maior hospital de Roma, a uma curta distância de carro do Vaticano, por volta das 11h30, horário local (6h30 em Brasília).

Francisco não fez nenhuma menção à operação planejada em sua audiência semanal no Vaticano na manhã de quarta-feira, onde parecia estar de bom humor.

A declaração do Vaticano disse que a operação era necessária para reparar uma laparocele, uma hérnia que às vezes se forma sobre uma cicatriz, geralmente resultante de uma cirurgia anterior. Ela também pode ser causada por obesidade ou fraqueza dos músculos da parede abdominal.

A equipe médica do papa havia decidido nos últimos dias que a cirurgia, que será realizada sob anestesia geral, era necessária porque a condição estava causando obstruções intestinais dolorosas.

Francisco passou cerca de 40 minutos no mesmo hospital romano na terça-feira, fazendo um procedimento pré-operatório.

Foto: Arquivo

leia a matéria completa no Terra