A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, em quatro ocorrências, em diversos pontos do estado, apreendeu 6,2 kg de cocaína, 5,6 kg de maconha, R$ 37,5 mil em cigarros contrabandeados e 300 celulares, avaliados em cerca de R$ 200 mil.

Nesta quinta (25), por volta das 17 horas, agentes da PRF abordaram um motorista de um Peugeot 207, na BR-369 em Cambé (PR). O carro estava ocupado pelo motorista, de 29 anos, sua esposa, de 30 e dois filhos menores – um de 4 anos e um de 5 meses. Os policiais perceberam o nervosismo do motorista e elevaram o nível das buscas no carro.

Sob os bancos dianteiros do veículo foram encontrados compartimentos previamente preparados, os quais continham 4,1 kg de crack e 2,1 kg de cocaína, divididos em 6 tabletes. Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao condutor. A esposa e ao menores também foram encaminhados a Polícia Civil em Cambé, para o registro do crime de tráfico de drogas.

Mais tarde, por volta das 21 horas, agentes da PRF abordaram um motorista de um Renault Sandero, na BR-277, em Laranjeiras do Sul (PR). No carro, foram encontrados 5,57 kg de maconha. Aos policiais, ele disse que retirou a droga com outra pessoa, que estava num carro preto. Os policiais realizaram rondas para localizar o carro, mas sem sucesso. O homem foi preso e encaminhado para a Polícia Civil em Laranjeiras do Sul, para o registro do crime de tráfico de drogas. Por volta das 23 horas, em Ponta Grossa (PR), na BR-373, policiais apreenderam 7,5 mil carteiras de cigarros contrabandeados, em um Honda Fit acidentado. O motorista fugiu. Os cigarros, avaliados em cerca de R$ 37,5 mil, foram encaminhados para  Receita Federal em Ponta Grossa.

No início da madrugada desta sexta (26), agentes da PRF apreenderam cerca de 300 celulares e outros eletrônicos, avaliados em cerca de R$ 200 mil, com um passageiro de ônibus abordado na BR-476, na Lapa (PR). Os materiais foram apreendidos.

Operação Tamoio II – Iniciada no domingo (21), a operação faz parte de ações coordenadas pela PRF, com uso de equipamentos, tecnologias avançadas, agentes de inteligência e policiais especializados, em diversas áreas de atuação, contra a criminalidade.

Informações/Foto: PRF