O Conselho Universitário da Universidade Estadual de Ponta Grossa aprovou, em sessão remota transmitida ao vivo pelo Youtube, o calendário do ano letivo 2021, que terá início em 31 de maio. A proposta apresentada hoje (15) pela Pró-reitoria de Graduação resultou dos debates realizados anteriormente pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão e pelo Conselho de Administração.

Devido à pandemia, a matrícula dos veteranos para o ano letivo de 2021 será efetuada pela Prograd em parceria com o Núcleo de Tecnologia da Informação. A previsão de ingresso dos calouros é em 14 de junho de 2021. O calendário acadêmico prevê ainda o recesso entre 03 e 30 de maio, com exceção do curso de Medicina, que iniciará o ano letivo em 17 de maio.

Aulas expositivas, teóricas e experimentais, autorizadas pelo colegiado de curso, serão ofertadas pelo ensino remoto, até quando o Conselho Universitário permitir. Devido ao momento de excepcionalidade da pandemia, as disciplinas foram flexibilizadas e não precisam acontecer obrigatoriamente na série, ano letivo ou semestre previstos no Projeto Pedagógico do Curso, respeitando o planejamento e a decisão dos Colegiados. O controle de frequência e casos omissos serão objeto de Ordem de Serviço da Prograd.

Outros atos

Na abertura da reunião, a prefeita Elisabeth Schimidt, representante do município no COU, participou da reunião e lamentou o falecimento recente do conselheiro suplente Fernando Durante. Miguel Sanches Neto, reitor e presidente do Conselho, decretou luto do colegiado pela perda do conselheiro. Na palavra livre, o conselheiro Antonio José Camargo propôs que o prêmio de melhor ator do Festival Nacional de Teatro (Fenata) leve o nome de Fernando Durante. A proposta foi aprovada por unanimidade. Na mesma linha temática, o reitor sugeriu ao Conselho que, em edições futuras, traga a proposta de que o prédio anexo ao CineTeatro Pax leve o nome do professor Gilberto Zardo. O reitor destacou o papel de Zardo na fundação da política de extensão cultural na UEPG.

O conselheiro Luiz Gustavo Barros, diretor do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), apresentou os dados de utilização das ferramentas remotas durante a pandemia. Barros também abordou a aquisição do Google Workspace Education Plus, processo que envolverá todas as instituições de ensino superior do Paraná. A UEPG investirá R$ 139.500,00 na compra do pacote.

A sessão contou ainda com a posse da representação docente do Setor de Ciências Biológicas e da Saúde junto ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão e ao Conselho Universitário, com mandatos de dois anos, a partir de 1o de abril de 2021. As professoras titular e suplente, respectivamente, Iriane Eger e Ana Cláudia Garabeli Cavalli Kluthcovsky, foram formalmente empossadas.

Da assessoria