Medida será implementada aos poucos e passará a valer definitivamente a partir de setembro

 

Quem quiser frequentar restaurantes, academias e outros espaços fechados em Nova York precisará comprovar que tomou a vacina contra a COVID-19, anunciou nesta terça (3) o prefeito da cidade, Bill de Blasio.

O anúncio é mais um esforço para aumentar a taxa de vacinação na cidade à medida que avança a variante delta, que pode ser transmitida mesmo por pessoas já vacinadas e que tem feito o número de casos de Covid-19 voltar a subir em diferentes países pelo mundo.

“Nós sabemos que isso [a obrigatoriedade da vacinação] é o que vai virar a maré”, afirmou o prefeito a jornalistas nesta manhã. A medida será implementada aos poucos e passará a valer definitivamente a partir de 13 de setembro.

No mês passado, a França já havia anunciado a exigência de vacinação para frequentar ambientes fechados como bares e casas noturnas, o que fez quase 2 milhões de franceses correrem para se imunizar em menos de 24 horas.

Por NCG.news / Foto: Divulgação