Empresários donos de micro e pequenas empresas que possuem empréstimos ou financiamentos com a Fomento Paraná que estejam em atraso ou inadimplentes terão uma nova chance de renegociar seus contratos. A instituição iniciou mais uma campanha de renegociação com prazo até 15 de janeiro para que essas empresas regularizem os débitos.

A nova campanha oferece condições facilitadas, com descontos de até 100% de juros e dos encargos moratórios para contratos com saldo devedor de até R$ 50 mil.

Com a renegociação e reparcelamento da dívida é possível estender os prazos de pagamento para até 60 meses – ou mais, dependendo da fonte dos recursos do contrato – o que ajuda a reduzir o valor das parcelas.

“Renegociar os débitos é uma oportunidade de aliviar a pressão sobre o fluxo de caixa e direcionar receitas para outras despesas urgentes, investimentos ou oportunidades de compra de materiais e insumos para as empresas”, afirma o diretor-presidente da instituição, Heraldo Neves.

A campanha começou em 6 de novembro e envolve micro e pequenas empresas, microempreendedores individuais (MEI) e empreendedores informais.

“A principal condição para renegociar é que o contrato de empréstimo tenha pelo menos uma parcela quitada, ainda que parcialmente. A primeira parcela do refinanciamento poderá ser paga somente a partir de janeiro do ano que vem”, explica o diretor jurídico, Nildo Lubke, responsável pela área de Cobrança de Créditos.

Na campanha é cobrada uma tarifa de renegociação de 1,5% do valor renegociado.

Os descontos envolvem também contratos com algumas parcelas em atraso das linhas Paraná Recupera e Paraná Recupera – Transportes, ofertadas durante o período da pandemia de Covid-19, em 2020 e 2021. Neste caso, não é cobrada taxa tarifa de renegociação.

Além destes contratos, a campanha abrange ainda empréstimos de microcrédito contratados com garantia do Fampe – Fundo de Aval das Micro e Pequenas Empresas do Sebrae.

“Empreendedores que estejam com as parcelas em dia também podem se beneficiar com renegociação para alongar o prazo de pagamento, reduzindo o valor das parcelas”, finaliza Lübke.

COMO RENEGOCIAR – A renegociação pode ser feita por meio da rede de agentes de crédito que estão disponíveis em Salas do Empreendedor e Agências do Trabalhador, nas prefeituras, e também correspondentes da Fomento Paraná. Acesse AQUI a relação de locais.

O atendimento também é feito diretamente pela Fomento Paraná no telefone (41) 3235-7700 e WhatsApp (41) 99938-9215. Mais informações neste link.

Foto: AEN

da AEN