A Polícia Civil do Distrito Federal, investiga um homem suspeito de cometer os crimes de cárcere privado, violência física e psicológica, após uma mulher, de 27 anos, entregar um bilhete escrito em um estrato bancário informando sobre violência doméstica e pedindo socorro. O caso aconteceu no Distrito Federal.

“Você pode me ajudar? Ele está aí fora”, escreveu a mulher no papel de um extrato bancário. O funcionário que recebeu o bilhete relatou a situação e disse que “ela (vítima) estava nervosa, com medo e assustada”, contou funcionário que preferiu não se identificar.

Leia a matéria completa do portal IG