O episódio vivido pela promotora de vendas Linda Inês, moradora da cidade de Cajazeiras, no sertão da Paraíba, no final de 2022 parece até roteiro de filme: o filho dela, Pedro Henrique, de 10 anos, acertou as seis dezenas da Mega da Virada. O problema foi que a mãe não registrou a aposta numa lotérica. Resultado: quando a mulher viu os números sorteados começou a chorar.

“A gente pegou um baque de surpresa. A gente chorou muito. Até ele chorou muito, não queria mais se alimentar”, contou ela à TV Diário do Sertão.

Menino acerta os seis números da Mega, mas perde prêmio após mãe não jogar o bilhete

De acordo com Linda, ela havia sonhado que ganhava na Mega da Virada e chorava de emoção com o bilhete nas mãos. Os números, porém, não foram revelados nesse sonho. A promotora de vendas, então, fez dois jogos sozinha e deu a Pedro alguns bilhetes para que ele marcasse os números. O menino gostou da ideia, já que queria comprar uma tela nova para seu celular.

No início, sem saber como fazer uma aposta, o menino marcou números em sequência, como 01, 02, 03, 04, 05 e 06. A mãe, então, explicou que ele deveria variar as dezenas. Pedro assim o fez e, num dos bilhetes, marcou 04, 05, 10, 34, 58 e 59, os números que seriam sorteados na noite de 31 de dezembro, momento em que mãe e filho sofreram juntos.

“Perdemos a noite porque eu nunca imaginei que uma criança de 10 anos ia ficar milionária com um pedaço de papel que veio o aviso, eu tive um sonho, ele me entregou o papel… A pessoa se sente culpada. Mas foi a vontade de Deus, né?”, disse Linda em outro trecho da entrevista à TV Diário do Sertão.

Cinco apostas ganharam o maior prêmio da Mega da Virada: R$ 541.969.966,29. O prêmio foi o maior da história. As apostas vencedoras são das cidades de Florestal (MG), Arroio do Sal (RS), Santos (SP) e São José da Bela Vista (SP). Um dos ganhadores apostou pela internet.

do Exame