Por solicitação da deputada federal Ana Paula Lima, integrantes do Ministério da Educação fizeram visita técnica à Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) e à Universidade Federal de Santa Catarina Campus Blumenau (UFSC), nesta segunda-feira (04)

Durante a visita conduzida pela deputada Ana Paula Lima e acompanhada pela diretora de ensino superior do MEC, Denise de Carvalho, a reitora da Furb Márcia Cristina Sardá Espindola, o reitor da UFSC Irineu Manoel de Souza e a vice-reitora Joana Célia dos Passos agradeceram o empenho por parte do governo federal em movimentar o Ministério da Educação em referência à educação no Estado e destacaram a luta pela gratuidade e pela expansão do ensino superior na região.

Na ocasião, a comitiva conheceu diversos setores e áreas da Fundação incluindo o Centro de Simulação Realística, a sala Fritz Muller, o laboratório 3D, o laboratório de combustíveis e o Hospital Universitário. Também conversaram com movimentos sociais e acompanharam a mobilização dos estudantes indígenas Laklânô Xokleng, além de se inteirar sobre cursos de pós-graduação e as possibilidades da expansão desses programas.

Durante à tarde, a visita seguiu para a UFCS Campus Blumenau, onde os integrantes do Ministério conheceram a estrutura, as instalações e conversaram com o corpo técnico e docentes da instituição.

O compromisso do Governo Federal coloca a educação pública de qualidade como prioritária, tanto no repasse de recursos quanto na agilidade de ações de ampliação e qualificação das redes federais de ensino e cursos técnicos.

A deputada Ana Paula Lima ressalta que o Governo Federal está unindo forças junto aos gestores das universidades, profissionais da educação e alunos num processo para expansão das instituições que já são referência na qualidade de ensino.

“Estamos unidos para ampliar e agilizar os processos para que, no mais breve possível, consigamos ter a expansão dos cursos no ensino superior público de qualidade no Vale do Itajaí e, possamos atender mais estudantes em toda nossa região e no Estado”, enfatiza a vice-líder do governo.

da assessoria