Sete réus denunciados pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Cornélio Procópio, no Norte Pioneiro do estado, foram condenados pelos crimes de organização criminosa e comércio ilegal de arma de fogo.

Os réus foram denunciados a partir da Operação Cingel, deflagrada em janeiro com o objetivo de desarticular associações criminosas com atuação em crimes patrimoniais e no tráfico de drogas na região.

As penas atribuídas aos condenados variaram entre um ano e nove meses de reclusão e 37 anos de reclusão. Ainda cabe recurso da decisão.

do MPPR