O domingo de provas para os vestibulandos da UEPG causou muita revolta nas redes sociais. Internautas afirmaram no Twitter e no Facebook que o tema da redação do Vestibular de Primavera teria vazado antes da hora. A prova de conhecimentos gerais e redação teve início às 14h15, mas por volta das 12h usuários já divulgavam o tema e comentavam a situação no Twitter.

 

A situação teria acontecido devido a uma troca de malotes na prova aplicada em Francisco Beltrão. Segundo internautas, o caderno do período da tarde, com a prova de redação e conhecimentos gerais, teria sido entregue para vestibulandos que prestaram o teste no período da manhã. Ao todo, 9114 estudantes se inscreveram para a prova. Esta é a primeira vez que a UEPG realizará provas em um único dia – pela manhã e tarde. São 725 vagas distribuídas entre 39 cursos graduação.

A redação do D’Ponta News entrou em contato com a Coordenadoria de Comunicação Social da UEPG para posicionamentos oficiais. “A Universidade Estadual de Ponta Grossa, por meio da sua Coordenadoria de Processos de Seleção (CPS), informa que o Vestibular de Primavera transcorre normalmente, sem registro de qualquer situação fora dos protocolos. A possibilidade de troca de provas em Francisco Beltrão está sendo apurada e, em caso de confirmação, a instituição garante que nenhum candidato/candidata terá prejuízo avaliativo neste processo de seleção.”

 

HISTÓRICO DE ERRO

Em junho, a Coordenadoria de Processos de Seleção (CPS) da Universidade Estadual de Ponta Grossa anunciou uma retificação no resultado do Vestibular UEPG 2020, que havia sido divulgado na sexta-feira, 28/06. Segundo a instituição, houve “um erro material no sistema de migração de vagas”, o que afetou o resultado de 15 cursos da instituição. Alunos, inicialmente aprovados, teriam tido os nomes retirados da lista após divulgação oficial.

“Considerando um erro material no sistema de migração de vagas, torna público a retificação do Edital no 11/2021-CPS (publicado em 28/05/2021) referente ao resultado do Vestibular UEPG 2020, em primeira chamada, até o limite de vagas ofertadas, acompanhado das respectivas listas de espera”, consta no comunicado oficial do site.

Segundo a instituição, as alterações nas listas de aprovados aconteceram nos seguintes cursos: Administração – Comércio Exterior (matutino); Agronomia (integral); Ciências Biológicas – Bacharelado (integral); Ciências Contábeis (matutino); Ciências Contábeis (noturno); Direito (noturno); Educação Física – Bacharelado (integral); Educação Física – Licenciatura (noturno); Engenharia Civil (integral); Engenharia de Computação (integral); Engenharia de Software (noturno); História – Licenciatura (noturno); Jornalismo – Bacharelado (integral); Letras Português/Inglês – Licenciatura (noturno); Serviço Social (matutino).

Confira a nota oficial da UEPG

A Universidade Estadual de Ponta Grossa, por meio de sua Coordenadoria de Processos de Seleção (CPS), esclarece que a retificação no resultado do Vestibular 2020, publicada nesta terça (01), se deve a um defeito no sistema de migração de vagas. O sistema, automatizado, migrou as vagas restantes da cota de candidatos negros oriundos de escola pública para a cota universal, quando deveriam ser migradas para a cota de candidatos oriundos de escola pública. Como o erro foi constatado antes da matrícula, a CPS assumiu a falha do sistema e retificou o edital. O resultado atualizado pode ser conferido no site.

A UEPG reitera o trabalho contínuo das equipes para que erros desta natureza não ocorram novamente.

 

foto: CCOM UEPG / Arquivo