O trabalho de combate ao furto de energia elétrica realizado pela Copel detectou 14,5 mil casos de irregularidades e desvios na medição do consumo, ao longo de 2021. As autuações realizadas pela empresa possibilitaram a recuperação de R$ 29 milhões, evitando prejuízos à grande parcela de consumidores que mantém suas contas regularmente em dia. Outros R$ 9 milhões estão em processo de cobrança.

A fiscalização é realizada cotidianamente por equipes dedicadas a detectar fraudes na medição de energia. Elas usam análise de dados para direcionar o alvo do trabalho, combinada com a observação técnica em campo e o uso de ferramentas que conseguem indicar interferências, mesmo quando estão camufladas. No ano passado, foram feitas quase 74 mil inspeções desse tipo em todo o Paraná, ou seja, uma média de 283 inspeções por dia útil do ano. O montante de energia recuperada foi de 45,5 GWh (gigawatts-hora), o que equivale ao consumo mensal de todas as residências em uma cidade do porte de Londrina.

As inspeções também são direcionadas por denúncias anônimas, que podem ser feitas através do telefone 0800 51 00 116 ou nas agências de atendimento da Copel. O furto de energia elétrica é crime previsto em lei: por desvio na corrente que passa no medidor, tem pena de reclusão de um a quatro anos e multa. Já o “gato” por adulteração do medidor caracteriza estelionato, tem pena de reclusão de um a cinco anos e multa. Além disso, os valores devidos e o valor de instalação de um novo medidor são cobrados do responsável.

De acordo com a engenheira da Copel Flávia Martinelli Oleinik, além de crime, o furto de energia pode ocasionar incêndios por curto-circuito, avarias em equipamentos e eletrodomésticos e até acidentes graves. “Alertamos ainda que o consumidor e a consumidora não se iludam com falsas promessas de redução na conta por meio da instalação de quaisquer equipamentos”, ela acrescenta. “A economia só vem pela escolha de eletrodomésticos mais econômicos e a adoção de hábitos conscientes”.

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA – Para quem quer aprender formas de reduzir a conta de luz, a Copel disponibiliza gratuitamente até o dia 13 de março um curso à distância sobre eficiência energética. O conteúdo tem duas horas de duração e um certificado de conclusão é emitido aos participantes. A inscrição pode ser feita no site da Companhia.

da Copel