Desde o início do ano, bombeiros atenderam 449 ocorrências do tipo nos Campos Gerais e Sul do Paraná. Aumento foi de 322% em março, segundo levantamento.

 

O número de ocorrências envolvendo incêndios florestais dobraram na região de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, segundo o Corpo de Bombeiros, na comparação com o mesmo período de 2019.

O levantamento foi divulgado nesta terça-feira (28). Entre janeiro e abril deste ano, os bombeiros atenderam 449 incêndios florestais. Na comparação com 2019, foram 198. O aumento é de 126%.

O balanço leva em conta 40 municípios da área do 2º Grupamento de Bombeiros de Ponta Grossa.

Os bombeiros acreditam que a principal causa para o aumento nos números seja a estiagem.

De acordo com o Simepar, em Ponta Grossa choveu 40% a menos do que o registrado pela média histórica nos últimos 10 meses.

Em abril, o Corpo de Bombeiros já registrou 144 incêndios florestais na região.

Um deles foi atendido na noite de segunda-feira (27), onde a equipe levou quatro horas para apagar as chamas que atingiram uma área de 47 hectares de eucaliptos no bairro Uvaranas, em Ponta Grossa.

Até o momento, março é o mês com o maior número de ocorrências, segundo os bombeiros, com 203 incêndios.

O dado representa um aumento de 322% na comparação com o mesmo mês em 2019. Veja no gráfico abaixo.

Fonte: Corpo de Bombeiros