A Polícia Civil do Paraná, por intermédio da Delegacia de Imbituva, prendeu um homem de 37 anos que foi condenado por estupro de uma criança de apenas 4 anos, no ano de 2015. O autor foi condenado a uma pena de 13 anos, 3 meses e 22 dias, pelo Juízo Criminal da Comarca de Imbituva.

Foi a terceira vez que a Polícia Civil foi no local para capturar o condenado, que sempre consegui fugir pelos fundos da casa, um local de mata. Desta vez, a Polícia Civil montou um cerco. O condenado tentou fugir do mesmo jeito, mas foi capturado por uma equipe da PC que estava na mata. A sentença transitou em julgado, ou seja, não cabe mais recurso. O condenado deve cumprir a pena inicialmente em regime fechado.

O Delegado responsável pela Delegacia de Imbituva, Dr. Thiago Andrade, participou da ação que resultou a prisão e deu mais detalhes sobre o crime. “Na época dos fatos, a vítima tinha 4 anos. De acordo com as investigações, a criança costumava brincar com o filho do suspeito, na residência onde moravam. O investigado passou a mão nas partes íntimas da menina e mostrou seu órgão genital”, afirma.

As investigações apontaram que, na data do crime, o homem ainda pediu para que em uma próxima vez, a menina fosse até o local de vestido. O suspeito ainda teria prometido que daria uma boneca para a menina se ela não contasse para ninguém, segundo explica Andrade.

O Delegado disse que após a divulgação da foto como procurado, o indivíduo estava permanecendo apenas em casa. O preso será encaminhado ao sistema penitenciário para dar início ao cumprimento da pena.

Foto: Arquivo/Reprodução

com informações da PCPR/13ª SDP