O Hospital Geral Unimed (HGU) realizou, nesta quinta-feira (9), a primeira cirurgia de implante coclear em Ponta Grossa. O aparelho, conhecido popularmente como ouvido biônico, é capaz de substituir as funções das células do ouvido interno, trazendo de volta a audição. O paciente que recebeu o implante é um homem de 50 anos que apresentou perda progressiva da audição nos últimos 20 anos.

A equipe médica que realizou o procedimento foi composta por dois otorrinolaringologistas, o Dr. João Maestri da O1 Saúde e Dr. André Ataíde de Curitiba, o neurocirurgião, Dr. Romero de Castro Vieira, um anestesista, duas fonoaudiólogas, Thaís Trevisan e Natália Molina, além da instrumentadora e enfermeiras.

Como é realizada a cirurgia de implante coclear

O Dr. Maestri explica que a cirurgia do Implante Coclear está destinada a pessoas com surdez severa e profunda e foca principalmente na inserção de um aparelho que melhora a capacidade de captar e compreender o som. “Este aparelho receberá ondas sonoras, transformará essas ondas em impulsos elétricos que serão transmitidos direto para o nervo auditivo e para o cérebro sem precisar das outras estruturas do ouvido”, explica ele. A cirurgia durou cerca de 5 horas e, além do procedimento, o paciente também receberá sessões de terapias para aprender a escutar utilizando o implante.

Novos desafios

Em Ponta Grossa a cirurgia ainda não é ofertada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A equipe médica que está realizando esse procedimento afirma que já foi realizado um pedido para o Hospital Regional, e há a possibilidade que em 2020 a cirurgia seja feita pelo SUS. “Já está com o processo bem adiantado e, em breve, mais pacientes poderão receber o implante”, conta o Dr. João Maestri da O1 Saúde.

Informações: Assessoria de Imprensa/Foto: Divulgação

 

Fonte : http://dpontawebnews.com.br/2020/01/09/hgu-realiza-primeiro-implante-de-ouvido-bionico-de-ponta-grossa/?fbclid=IwAR1xlguZGCHMWGan7nPibQFTmJ_Tc8UZNDDDtrdhofLz5NNgzs-q9RzTqeQ