O ex-governador Geraldo Alckmin admitiu publicamente nesta terça-feira, 10, pela primeira vez, que vai deixar o PSDB, sigla à qual é filiado desde 1988, para disputar o governo do Estado por outro partido. Em entrevista à TV Tribuna de Santos, no litoral paulista, Alckmin foi questionado sobre a notícia de que deixaria a legenda da qual foi um dos fundadores, conforme antecipado pelo Estadão. “Devo realmente sair. A definição será nas próximas semanas”, disse.