Uma ex-servidora da Câmara de Vereadores de Cornélio Procópio, no Norte Pioneiro do estado, e seu marido foram condenados pela Justiça por peculato. Ambos foram denunciados pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 2ª Promotoria de Justiça da comarca, pelo desvio de R$ 27.352,03 do caixa do Legislativo municipal.

Conforme a denúncia, a então servidora, que ocupava o cargo de assessora contábil financeira da Casa, teria emitido em duplicidade dois cheques destinados ao pagamento de rescisões contratuais, depositando um deles na sua conta bancária e outro na do marido.

A ex-servidora recebeu pena de dois anos e quatro meses de detenção, convertida em multa de três salários mínimos e prestação de serviços à comunidade, além da obrigação de reparação dos danos em R$ 27.352,03. Seu marido foi condenado a dois anos e dez dias de detenção, também convertidos em prestação de serviços à comunidade e pagamento de dois salários mínimos, além de R$ 13.889,90 a título de reparação de danos. Cabe recurso da decisão.

do MP Comunicação