Curitiba e outras sete capitais brasileiras estão entre as regiões que apresentam estar longe de atingir o pico de mortes por Covid-19, segundo análise de um sistema de projeções criado por pesquisadores de três instituições federais, incluindo a Universidade Federal do Paraná, o ModInterv. Em entrevista à Banda B, Giovani Vasconcelos, um dos desenvolvedores da plataforma, aponta o cenário atual da pandemia no Paraná.

A Rede Cooperativa de Pesquisa em Modelagem da Epidemia de Covid-19 e Intervenções não Farmacológicas (ModInterv) faz parte de um projeto colaborativo entre as universidades federais do Paraná (UFPR), Pernambuco (UFPE) e Sergipe (UFS). O projeto desenvolveu um sistema capaz de oferecer dados sobre a curva de contágio, além de disponibilizar informações sobre a curva de mortalidade por meio de um modelo matemático e fazer projeções para diferentes localidades do mundo.

Para ler a matéria completa, acesse o Portal Banda B, clicando aqui.

Imagens: AEN/informações: Banda B