Uma manifestação está marcada para ocorrer na avenida 7 de Setembro, em Imbituva, região dos Campos Gerais, a partir das 8h desta terça-feira (5). Trata-se de um ato organizado por empresários e funcionários da área do transporte escolar da cidade e que também terá a presença de empresários das cidades de Irati e Guamiranga.

Os organizadores do evento pedem melhores condições de negociação das parcelas de financiamento dos veículos junto aos bancos, devido à crise ocasionada pela pandemia de coronavírus, que forçou a suspensão de aulas presenciais. No ato, será entregue um documento nas mãos do gerente do banco Bradesco com as reivindicações dos manifestantes. Os organizadores reiteram ainda que o evento seguirá todas as normas de segurança e higiene estipuladas para o combate à COVID-19.

Um dos organizadores da manifestação, o empresário Orleri Scheidt, relata a dificuldade que os motoristas do segmento de transporte escolar vêm enfrentando. “Estamos 100% parados há mais de 50 dias. Tivemos que negociar com os pais dos alunos uma redução de 50% do valor mensal como forma de conscientização para que eles mantenham o contrato conosco”, relata.

Sobre a manifestação, Orlei pede que os bancos olhem com mais atenção os empresários da área. “Essa manifestação é para as autoridades olharem por nós, por nossa classe; principalmente os bancos, pois todos temos financiamento para pagar e as parcelas e os juros estão muito altos. Gostaríamos que congelassem as parcelas neste momento já que não temos condição de pagar. Aproveito o espaço para convidar também os amigos de Ponta Grossa para prestigiarem o ato”, reforça.

Foto: Agência Estadual de Notícias