Liderança dos caminhoneiros afirma que a Embaixada do Brasil descobriu o hotel onde está hospedado

 

Um dos principais articuladores das manifestações do 7 de setembro, o caminhoneiro Marco Antônio Pereira Gomes, mais conhecido como Zé Trovão, divulgou novo vídeo, às 12h30 desta quinta-feira (9), revelando que se encontra no México e que pode ser preso a qualquer momento.

“Em alguns momentos, eu devo ser preso. Eu não vou mais fugir. Chega. Eu estou cansado disso”, afirma o caminhoneiro. De acordo com Trovão, a Embaixada Brasileira no México “acaba” de entrar em contato com o hotel onde ele está hospedado.

“Provavelmente a polícia vem aqui me recolher e vai me levar preso. Eu não cometi nenhum crime. Eu estou indo para o Brasil, provavelmente, preso politicamente por crime de opinião. Eu peço a todos os brasileiros: nos ajudem, pelo amor de Deus.”

Zé Trovão teve prisão decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), na segunda-feira passada, dia 3. O inquérito que motivou a prisão do caminhoneiro investiga supostas “ameaças à democracia” nas manifestações do 7 de Setembro.

Confira o vídeo divulgado por Trovão (se preferir, vire o celular na horizontal para uma melhor visualização):