O vice-reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Everson Krum, alerta para a necessidade de ações rápidas para conter o contágio pela covid-19 e o caos no sistema de saúde. Professor do Curso de Farmácia da UEPG e gestor do HU-UEPG por quase uma década, Everson destaca que o crescimento no número de casos tem levado ao sistema de saúde ao limite – o HU é o hospital de referência no atendimento à covid-19 em Ponta Grossa e nos Campos Gerais.

Everson lembra que é preciso que as autoridades responsáveis pensem formas de se conter o contágio cada vez mais acelerado pela doença. “Acompanho diariamente os profissionais de saúde que atuam na linha de frente e vejo os esforços que todos eles fazem. Mas é preciso entender que o sistema tem um limite e esse limite já foi alcançado”, diz Krum.

O professor foi diretor do Hospital entre 2013 e 2018 e destaca que apesar do HU-UEPG ter uma estrutura grande, o avanço da pandemia tem feito com que tal estrutura não seja suficiente para atender a demanda. “Notamos que a covid tem se alastrado, inclusive fora do grupo de risco e também atingindo as pessoas mais novas. Precisamos pensar que a necessidade de isolamento social e higiene das mãos nunca foram tão importantes”, afirma o vice-reitor da UEPG.

No HU-UEPG, Krum tem desenvolvido estudos pré clínicos e clínicos de doenças e ressalta que neste momento é vital que se mantenha o distanciamento social e outras medidas de isolamento para conter o contágio. “O que vemos em Ponta Grossa neste momento já aconteceu em outras cidades e o saldo é triste, são mais vidas se perdendo. A população precisa entender esse cenário crítico”, explica Everson.

Da assessoria.