A cozinha do Hospital da Universidade Estadual de Ponta Grossa (HU-UEPG) ganhou novos aromas, jeitos de temperar e preparar os alimentos. No último mês, um grupo de cozinheiras está recebendo capacitação do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) em serviços de cozinha. Com carga horária total de 40 horas, o curso iniciou com treinamento teórico em novembro e encerra o aprendizado prático na próxima semana.

Maria Conceição Silva trabalha na cozinha do HU desde o início das atividades do Hospital, em 2010. “Aprendi tanta coisa em pouco tempo de curso, fizemos brownie, panetone, cozinhamos até polvo”, conta. O curso reúne as auxiliares de cozinha três vezes por semana, na parte da tarde. “É muito importante esse tipo de capacitação, porque, como eu sempre fico na parte das massas aqui, achei interessante aprender novas técnicas, assim posso também oferecer o que aprendi aos pacientes e equipe do Hospital”.

A cada corte de legumes e frutas das alunas, o instrutor de gastronomia do Senac Gilson Rosa Silva, olhava com atenção. A lição do dia era sobre conceito de decoração, ornamentação de pratos e elaboração de molhos. “Buscamos nelas as técnicas que elas já têm, com o objetivo de aperfeiçoamento”. O curso é voltado para a melhoria do desempenho do coordenador dentro e fora do Hospital. “Mas como eles já possuem os conceitos e práticas de cozinha hospitalar, todo aprendizado também é passado para o dia a dia de trabalho. Por isso, essa experiência está sendo surpreendente pra gente”, ressalta.

Além da equipe do HU, as auxiliares do Hospital Materno-Infantil (Humai) também puderam participar da capacitação. “Estou adorando fazer parte do curso, porque são coisas novas, que eu não conhecia, então para mim é uma experiência de muito aprendizado”, comemora Rosita Silva. Ela ainda conta que pretende colocar em prática na rotina hospitalar os conceitos de preparo, separação e cortes de legumes.

“Conhecer novas maneiras de preparo dos alimentos pode fazer com o que o nosso cardápio fique mais variado, com mais qualidade e opções para atender nossos pacientes e servidores”, explica Wagner Kloster Antunes, responsável pelo setor de Nutrição do Hospital.  Com o curso, há a possibilidade de expandir o cardápio e fornecer mais fontes de nutrientes, vitaminas e minerais, de acordo com Wagner. “As técnicas de preparo, de corte, cozimento e apresentação dos pratos são fundamentais para que todo o processo seja feito de maneira adequada, desde a escolha da matéria prima, até a parte final, que é o servir para o paciente”.

O aperfeiçoamento foi oferecido pelo Senac de forma gratuita. “Oferecemos o curso, porque acreditamos no poder transformador da educação, desenvolvendo mão de obra qualificada e ampliando o potencial dos profissionais”, destaca Meri Terezinha Messias Teixeira, gerente executiva do Senac em Ponta Grossa. “O Senac possui em seu portfólio cursos desenvolvidos e alinhados com o mercado e às principais tendências e inovações dos setores produtivos. Por isso, os alunos terão um curso que atendem às exigências legais de formação”.

da UEPG