Ações de incentivo ao Aleitamento Materno são o foco do Consórcio Intermunicipal de Saúde
dos Campos Gerais (CimSaúde) para celebrar o “Agosto Dourado”, mês de incentivo à
amamentação. Na subsede do município de Castro, a equipe multiprofissional que atua na
Linha de Atenção à Saúde Materno Infantil vem realizando apresentações às gestantes e mães
sobre a importância da amamentação exclusiva, pelo menos nos seis primeiros meses de vida.
“Vamos realizar esta ação durante todo o mês de agosto”, conta a supervisora da subsede,
Flavia Fernanda Marinho Queiroz, contando que Médico Obstetra, Enfermeira, Técnica de
Enfermagem, Nutricionista e Psicóloga estão participando da campanha.
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a
Infância (Unicef), por ano, cerca de seis milhões de vidas são salvas por causa do aumento das
taxas de amamentação exclusiva até o sexto mês de idade. ‘’Estamos fazendo a campanha
‘juntos pela amamentação’, já que é mais uma forma de proteger, promover e apoiar esse ato
de amor e de saúde”, esclarece Flávia.
Conforme a supervisora, o principal objetivo desta campanha é sensibilizar para a importância
da amamentação, para que seja reconhecida como fundamental para o desenvolvimento
infantil. Dezenas de gestantes e mães já participaram da ação. “Está sendo muito bem quista
pelas futuras mamães e estamos contentes em poder fazer parte desse momento tão
importante na vida delas’’, relata a supervisora.
Os benefícios do aleitamento materno nos primeiros meses de vida dos bebês são inúmeros, já
que o leite materno é considerado o alimento mais completo para os primeiros meses de vida.
É nele que estão contidas todas as proteínas, vitaminas, gorduras, água e os nutrientes
necessários para o saudável desenvolvimento dos bebês. “Sabe-se que, para a criança, o
aleitamento materno reduz o risco de diabetes, hipertensão, hipercolesterolemia e obesidade
na vida adulta, favorecendo ainda o desenvolvimento cognitivo e o desenvolvimento da face e
da fala, bem como da respiração”, enumera Flávia. Os benefícios maternos também foram
relatados. “Para a mãe fornece vantagens como proteção contra câncer de mama e diabetes
tipo 2, além de fortalecer o vínculo entre mãe e filho”, acrescenta.
De acordo com a profissional, o incentivo ao aleitamento materno ganhou ainda mais força
durante a pandemia. “Um estudo publicado em uma revista científica americana, apontou que o
leite materno produzido por mães vacinadas possui anticorpos contra a Covid-19”, contou. “Por
tudo isso, é fundamental estimular a amamentação, não só como um ato de amor, mas
também de promoção da saúde”, finaliza.