Sem casos ou óbitos por coronavírus contabilizados até o presente momento, a Cadeia Pública Hildebrando de Souza segue na contramão de outras unidades prisionais do estado, que já somam 295 infectados com Covid-19. O D’Ponta News conversou com o Depen (Departamento Penitenciário do Paraná) e Sindarspen (Sindicato dos Policiais Penais do Paraná) para saber o motivo dos resultados positivos.

Medidas rigorosas adotadas em março demonstram eficácia

As visitas às unidades prisionais do Paraná, assim como a entrada de sacolas ou de pessoas que não são servidoras da cadeia estão suspensas desde o dia 20 de março. O objetivo é evitar a disseminação do vírus no sistema penitenciário. Por meio de assistentes sociais, os familiares e os detentos recebem constantemente informações uns dos outros.

De acordo com o Depen e Sindarspen, durante o período da pandemia também não estão sendo recebidos alimentos ou outros produtos que geralmente são entregues em sacolas. Com os devidos cuidados de higiene, podem ser entregues remédios de uso contínuo e para o combate de doenças crônicas através dos Correios.

Ponta Grossa está vencendo a batalha contra a Covid-19

O diretor da Cadeia Pública Hildebrando de Souza, Mauricio Ferracini dos Santos, comemora o resultado positivo conquistado na cidade e diz que o protocolo é o grande responsável pelos bons resultados. “Desde o princípio foram implantados todos os protocolos do plano de contingência do departamento penitenciário, que têm apresentado muita efetividade e não tivemos desde do princípio nenhum caso envolvendo servidores nem presos e seguimos com o cumprimento desses protocolos. Até o presente momento estamos apresentando um excelente resultado”, conclui.

Paraná

O Paraná tem 236 presos e 59 policiais penais com Covid-19, informa o Sindarspen (Sindicato dos Policiais Penais do Paraná). Além disso, três policiais penais estão internados em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). A coleta desses dados são feitos junto a grupos de policiais penais via resposta de questionários enviados pelo sindicado a cada 7 dias.

Com Informações: Sindarspen/Depen/Foto: Google Street View