Jayro Pimentel, auxiliar de serviços gerais de uma indústria de produtos de limpeza de Gurupi, no sul do Tocantins, recebeu, por engano, um Pix de R$ 95 mil na última segunda-feira (23). Enquanto trabalhava, ele recebeu a ligação do autor da transferência, um empresário de Palmas, explicando a situação. O valor caiu em uma conta inativa, o que obrigou Jayro a baixar o aplicativo do banco para devolver a quantia. Durante a ligação, ele, que recebe pouco mais de um salário mínimo por mês, tranquilizou o responsável pelo erro e garantiu a devolução.

O empresário que realizou o envio é Cleber Cardoso, dono de uma loja de veículos. Ele teria errado um número da chave quando foi transferir o dinheiro. Com o valor de volta na conta, ele recompensou o auxiliar de serviços gerais.

Ao G1, Jayro afirmou: “Eu sou de família muito honesta, fui criado por pessoas honestas e o que eu aprendi foi isso, ser honesto. Acho que foi a minha obrigação devolver essa quantia para ele”.

Informações: G1