O Norte pioneiro do Paraná também está no planejamento estratégico do Verão Paraná – Viva a Vida (2021/2022), assim como o Litoral e as costas Oeste e Noroeste, que contam com policiamento ostensivo da Polícia Militar e  com atendimento do Corpo de Bombeiros. Nesta temporada, as ações no Norte Pioneiro acontecem a partir de demanda e chamados e reforço específico em fins de semana, além do patrulhamento rotineiro já existente na região.

O objetivo da corporação é oferecer segurança e tranquilidade para os momentos de lazer nas praias de água doce da região e à circulação de pessoas pelos municípios, além de combater crimes que são comuns nesta época do ano em regiões que recebem turistas. As cidades que estão incluídas neste reforço são Siqueira Campos, Tomazina, Carlópolis e Ribeirão Claro.

De 17 de dezembro de 2021 até 30 de janeiro de 2022, a Polícia Militar do Paraná registrou 743 ocorrências nas quatro cidades. A PM fez ainda 1.491 abordagens a pessoas, 621 a veículos e 102 a estabelecimentos comerciais nas quatro cidades. Além disso, a PM apreendeu uma arma de fogo, recuperou dois veículos, encaminhou 12 adultos e apreendeu dois adolescentes no período analisado, nas mesmas cidades.

Segundo o subcomandante do 2º Batalhão da Polícia Militar (2ºBPM), Major Marcio Jaquetti, este reforço está sendo bastante positivo, pois a presença da Polícia Militar traz reduções nos índices de crimes, através de ações de policiamento de proximidade, aumento do patrulhamento e abordagens e com a base de Polícia Comunitária.

“Trabalhamos em duas frentes: no Verão Paraná, com efetivo de reforço ostensivo preparado para atuar a qualquer momento e garantir a segurança e o bem-estar da comunidade e dos visitantes, e também com o serviço de inteligência, fazendo um acompanhamento de cada local para que não tenhamos um dissabores e ocorrências provocadas por pessoas ou grupos com o intuito de praticar crimes”, esclarece.

O policiamento no Norte Pioneiro conta também com um reforço especificamente aos fins de semana e feriados, segundo o Major Jaquetti. “Durante a semana as cidades não têm movimento e o fluxo é considerado pequeno, o que muda nos fins de semana, justamente pelo turismo e os passeios que as localidades proporcionam”, explica.

INTEGRAÇÃO – De acordo com o Major Jaquetti, o 2º BPM tem atuado em conjunto com as forças policiais de São Paulo para inibir cada vez mais o crime na região, já se trata de um local de divisas e que muitas vezes os criminosos se aproveitam para praticar atos delituosos.

“Até por estarmos do lado do estado de São Paulo, temos um contato direto com as agências locais de inteligência daquela região, e também trabalhamos em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal, que muitas vezes detecta algo vindo para essa direção por meio das rodovias federais. Assim, contribuímos para garantir o bem-estar da comunidade e das pessoas que estão nos visitando, por meio da integração”, disse.

CORPO DE BOMBEIROS – Os atendimentos do Corpo de Bombeiros são feitos pelo 7º Subgrupamento de Bombeiros Independentes (7º SGBI) a partir de acionamentos, segundo o comandante do 7º SGBI, tenente Eduardo Felipe Silva.

“Em virtude do número de banhistas, a nossa equipe sempre mantém o atendimento em caso de ocorrência, seja de salvamento aquático, busca e outros que estão inseridos na nossa atividade-fim. Atendemos a partir de acionamentos e, desde o início do Verão Paraná, não houve nenhuma ocorrência, relacionada à busca nestes locais de concentração de pessoas”, acrescenta.

Os rios e represas da região do Norte Pioneiro têm uma característica própria, que são as correntezas e, por isso, o tenente Eduardo Silva alerta. “A população quando busca essas represas para se banhar normalmente não tem conhecimento da profundidade, e a água por ser turva deixa o perigo em evidência. Por isso, ao entrar no rio, o banhista deve sempre procurar ficar próximo da margem e nunca se desafiar”, completa.

Fonte do Artigo
Ratinho Junior, Verão Paraná, reforço policial no Norte Pioneiro, governo do paraná
AEN  Foto: SESP