Carlos Eduardo Cavalheiro, de 33 anos, é o mais novo servidor da Assembleia Legislativa do Paraná, nomeado na manhã desta segunda-feira (4). A notícia seria corriqueira, não fosse a condição do contratado: um cidadão com Síndrome de Down. Apesar dos progressos na inclusão social no estado, Carlos Eduardo é ainda a segunda pessoa Down a ocupar uma função na Assembleia.

“É o primeiro funcionário com Síndrome de Down a trabalhar na presidência da Assembleia Legislativa. Espero que o exemplo seja seguido pelos gabinetes, que contemplem mais pessoas especiais em suas estruturas”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSD). “Estou muito feliz por tê-lo trabalhando conosco”, completou.

Este já é o quarto emprego de Carlos Eduardo Cavalheiro. Ele começou aos 18 anos fez uma pausa no trabalho, antes do início da pandemia, para se dedicar a um curso de cozinha. “Estou muito feliz por estar aqui, gostei muito do convite”, disse Carlos Eduardo, que foi nomeado no gabinete do deputado Ademar Traiano e vai prestar serviço administrativo na presidência.

A mãe do servidor, Noêmia da Silva Cavalheiro, preside a Federação Paranaense das Associações de Síndrome de Down. “Trabalhamos muito para que tenham oportunidade de estar no meio social. Nossa questão é que sejam aceitos em todos os segmentos da sociedade”, explicou. “Agradecemos a sensibilidade dos deputados da Assembleia Legislativa e pedimos que abram ainda mais portas a nossos filhos”, pediu.

Contratações – No dia 21 de março, a Assembleia Legislativa contratou a primeira pessoa com Síndrome de Down para seus quadros. Karina Gouveia, de 42 nos, foi nomeada secretária no gabinete do deputado Pedro Paulo Bazana (PSD). Em maio, o deputado Michele Caputo (PSDB) vai contratar para seu gabinete Mayara Dias Carvalho, de 34 anos.

da Alep    Foto: Dálie Felberg/Alep