Iniciar uma graduação é sempre motivo de alegria. Para um estudante de 75 anos, o entusiasmo é ainda maior. Lauro Mendes é aposentado e morador da região de Uvaranas, em Ponta Grossa. Ele é o mais novo calouro da turma de Bacharelado em História da Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Lauro largou os estudos ainda jovem, em 1964, depois que foi aprovado no concurso da extinta Rede Ferroviária Federal S/A que atuava na cidade. “Em 2001 eu conclui o ensino médio no Ceebja. E gostei de estudar”, disse.

Em 2011, Lauro passou pela primeira vez no vestibular da UEPG. “Eu estava em casa em um determinado dia e vi uma propaganda do Enem. Fiquei curioso para saber como que era. Resolvi fazer. Peguei minha nota e perguntei para algumas pessoas se tinha sido boa. Eles me incentivaram a usar a nota do Enem para fazer o vestibular. Foi quando passei em licenciatura em História, em 2011”, conta.

Mais uma vez, Lauro teve que parar com os estudos para resolver problemas pessoais. Em 2019, ele decidiu arriscar novamente. Era preciso refazer o vestibular. “Estudei em casa, não fiz cursinho, não fiz Enem, fui com a cara e com a coragem”, conta.

Lauro Mendes foi aprovado no vestibular de inverno da UEPG no sistema de cotas oriundas de escolas públicas. “Depois que fiz o vestibular nem me preocupei em saber o resultado. Passou um tempo, eu estava no ônibus quando recebi a ligação da minha esposa, dizendo que eu tinha sido aprovado, vim até a UEPG para confirmar e vi meu nome na lista. Fiquei muito feliz”.

Hoje, Lauro é o calouro mais experiente da Universidade Estadual de Ponta Grossa. As aulas começaram nesta segunda-feira (10) e ele estuda no período da tarde. Quando indagado se iria atuar na área, ele respondeu: “Acho que não vai dar tempo (em tom de risada). Eu quero cursar História porque gosto da matéria. Não quero dar aulas e nem trabalhar com isso, quero terminar o curso e aprender. A vida é um grande aprendizado. Mesmo se vivesse 500 anos, ainda morreria no primeiro ano da escola da vida. Ainda se vivesse tanto, a gente tem muito a aprender. A gente pensa que sabe alguma coisa, mas a gente não sabe nada”, complementa.

Lauro é casado e pai de dois homens, um de 49 outro de 51 anos. “Eles me deram maior apoio. A minha família me incentivou muito. Para mim, voltar estudar aos 75 anos de idade, é como se eu tivesse voltado ao Ginásio [Ensino Fundamental] em Jaguariaíva”, explica.

Para quem está pensando em ingressar na faculdade, ou para os mais experientes, que não tiveram a oportunidade da graduação, Lauro deixa um recado: “Se é teu sonho não desista nunca. A idade não conta. A idade é hoje. O que puder fazer hoje, vamos fazer!”, finaliza.

Veja o vídeo e conheça um pouco mais deste ‘jovem estudante de 75 anos’.

 

Fonte: https://dpontawebnews.com.br/2020/02/11/aos-75-anos-homem-retoma-estudos-e-e-o-calouro-mais-experiente-da-uepg-em-2020/