O primeiro painel do Agroleite 2022, feira da tecnologia do leite na América Latina realizada pela Castrolanda, reuniu mais de 200 mulheres para assistirem à palestra ‘Mulheres no agro: ousadia e autodesenvolvimento’, com a jornalista Kellen Severo. O encontro foi realizado na tarde de terça-feira (16), no Centro de Eventos Pessutão, na Cidade do Leite – Parque de Exposições Dario Macedo, e foi promovido pela Comissão Mulher Cooperativista e pela área de Cooperativismo, em parceria com a Área de Negócios Agrícola e o Sicredi Campos Gerais.

Kellen Severo é jornalista especializada em Economia e Agronegócios, comentarista do Jornal da Manhã e apresentadora do Painel Hora H do Agro na TV Jovem Pan News. Além da experiência de mais de uma década na área, Kellen foi premiada sete vezes pelo trabalho que desenvolve como jornalista do setor Agro.

“Eu acredito que a mulher tem um espaço enorme ainda a ser ocupado, e o meu papel enquanto comunicadora é trazer a informação. Para ocupar esses espaços, é necessário se transformar internamente, não apenas a preparação técnica, mas também o emocional, porque muitas vezes ele boicota o acesso a essas posições de liderança. Então, são duas questões principais que devem andar juntas para avançar no que a gente quer alcançar, seja na área profissional, familiar ou outra. Eu fico muito honrada por estar aqui, especialmente por falar com mulheres. Encontros como esse tem papel transformador, plantamos sementes e muitas vezes as pessoas saem daqui motivadas a tomar atitudes”, conta Kellen.

Zelyana Fanchin, Vogal da Comissão Mulher Cooperativista, reforça a importância de reunir novamente o público feminino no encontro. “É uma alegria estarmos reunidas novamente após dois anos sem o evento. Mais de 200 mulheres vieram até aqui para prestigiar a palestra. Essa é uma das ações da Comissão para fomentar a presença das mulheres no agronegócio”.

Para a cooperada Daliza Tonon, a fala da jornalista contribui muito para o desenvolvimento das mulheres do agro. “Foi uma palestra muito interessante, ela falou da autoestima da mulher. Isso acrescenta muito à minha experiência pessoal como mulher do agro, incentiva a melhorarmos a comunicação assertiva e termos foco no que queremos. Eu procuro desenvolver a parte da automentoria, de sempre ouvir o que a mente está falando. Isso dá um up na vida das mulheres, para termos atitude, independentemente do ambiente em que estamos.

Programação

O Agroleite continua nesta quarta-feira (17), na Cidade do Leite e Parque de Exposições Dario Macedo, em Castro, até sábado (20). A programação completa está disponível no site.

Foto: Reprodução

da Castrolanda