O agricultor e ex-vereador Inácio Budziak, 56 anos, casado, afirma que se apresenta como pré-candidato a prefeito de Palmeira pelo PSL tendo como exemplo o pai, Augusto Budziak, que foi vereador por dedicação, em uma época que não havia remuneração alguma para exercer o cargo. “Quem se candidatava a vereador, era por vontade de trabalhar pela cidade, fazer melhorias, trazer desenvolvimento econômico, enfim, fazer o município mais próspero”, diz ele, reforçando a imagem de fazer política sem proveito pessoal. Inácio assegura ter por objetivo ser prefeito de Palmeira para deixar seu legado de dedicação, de trabalho e comprometimento, além de honrar o legado que seu pai deixou na política.

Agricultor e pecuarista, conta que desde os 7 anos trabalhou ajudando o pai com as frutas que ele mesmo plantava e colhia. Hoje, continua na atividade agrícola, no plantio de grãos no município. Em 2006, como primeiro suplente, assumiu a vaga de vereador com a morte do titular, Ivanir Hornes. Em 2008 foi eleito vereador, com a maior votação naquela eleição, obtendo 1.083 votos, e afirma ter sido reconhecido como o vereador mais atuante na Câmara Municipal. Desde então, diz ter firmado muitas amizades na Assembleia Legislativa do Paraná e em Brasília. “Sempre fui muito bem recebido atendido pelos deputados estaduais e federais quando buscava recursos e investimentos para nossa cidade”, o que, segundo ele, deixou muitas portas abertas até os dias de hoje.

O pré-candidato diz que o grupo do PSL, em geral, está recebendo apoios de vários empresários da cidade, que estão acreditando na vontade de mudar o cenário politico do município. Afirma que o desejo de mudança fortalece e incentiva o partido a ter candidato próprio a prefeito.

Já a partir de sua pré-candidatura a prefeito, cita como apoiadores os deputados estadual Delegado Francischinni e federal Felipe Francischinni. Afirma, ainda, ter bons amigos à frente da Casa Civil do Governo do Paraná e em várias áreas dos governos do Estado e federal. Esses apoios, na opinião de Inácio, são de extrema importância para que sejam concretizados muitos dos projetos e objetivos que propõe como pré-candidato.

Problemas

Quando questionado sobre dificuldades que se apresentam no município hoje, ele diz que, sem dúvida, é preciso dar uma assistência aos agricultores, que precisam de boas condições das estradas rurais para escoarem sua colheita. Como agricultor, diz ser profundo conhecedor dos problemas que o homem do campo e sua família enfrentam no dia a dia. Portanto, reforça a necessidade de um apoio mais efetivo aos produtores rurais, principalmente aos pequenos, entre eles os vitivinicultores, que precisam fortalecer as atividades para ampliar a produção. Cita a instalação de uma vinícola como forma de incentivo. “Destaco que o município depende da sua agricultura, do agricultor, que precisa ser mais valorizado e reconhecido”, ressalta o pré-candidato. Elee fala, ainda, sobre a necessidade de se instalar um ponto de vendas de produtos rurais caseiros, para acrescentar maior renda aos produtores.

Inácio também afirma que o sistema de saúde precisa ser melhor cuidado, em diversos aspectos. Vê também a necessidade de um maior suporte financeiro da Prefeitura para o único hospital da cidade, para que suas atividades não diminuam e comprometam o atendimento à população. Outra ação importante, segundo ele, é dar uma atenção melhor aos policiais militares, que, mesmo com algumas precariedades estruturais, realizam um trabalho ágil e muito eficiente no município.

O pré-candidato faz observações quanto à edução, dizendo que também precisa ser assistida de perto, e cita, como exemplo, que na época em que exerceu mandato de vereador apresentou projeto junto a Universidade estadual do Centro Oeste (Unicentro), para a instalação de um Centro Poli Avançado em Palmeira. Disse que, quando as negociações estavam avançando, seu trabalho foi barrado e não conseguiu realizar o projeto, “que seria importantíssimo para todos os munícipes”, afirmou. Inácio ainda cita a falta de apoio ao turismo local, setor que, segundo ele, também precisa ser assistido de perto.

Positivos

O pré-candidato foi questionado, também, sobre os pontos positivos de Palmeira para a atração de investimentos e disse que, a princípio, não se pode apenas pensar em vender Palmeira para os grandes empresários investirem no município. “Acredito que é de extrema importância um trabalho em conjunto com os empresários de todos os portes, para a elaboração de um plano de ação que atenda a necessidade de todos”, argumenta.

Ele fala ainda em fortalecimento da Associação Comercial e Empresarial de Palmeira, dos sindicatos, das associações de moradores, das empresas prestadores de serviços, para uma junção, trabalhando juntos, para melhorar a situação para todos no município, desencadeando “o tão sonhado desenvolvimento econômico e social que Palmeira tanto precisa”.

O candidato diz que é preciso, sim, atrair empresas, e afirma que, particularmente, conseguiu trazer algumas empresas para a cidade, quando era vereador. Porém, por interesses particulares dos administradores na época, segundo ele, não foi permitida a concretização da instalação dessas empresas, as quais teriam se instalado em cidades vizinhas.

Prioridades

Se eleito prefeito em 4 de outubro, comandando a Prefeitura Municipal em 2021, Inácio afirma que a primeira medida que tomaria seria a montagem das equipes em cada secretaria, com pessoas qualificadas e comprometidas com o objetivo maior, que é o bom trabalho pensando sempre no desenvolvimento econômico de nossa cidade e, o mais importante, a valorização de cada cidadão. Diz, ainda, que priorizaria a questão das estradas rurais. Também, que junto com a equipe devidamente montada, analisaria detalhadamente cada área do município para, assim, procurar a melhor maneira de resolver e suprir todas as necessidades que atualmente estão em aberto.