A seis meses da votação que vai definir o futuro político de Palmeira, quando serão eleitos prefeito, vice-prefeito e vereadores para mandatos entre 2021 e 2024, entre cogitações e confirmações de pré-candidatos a prefeito um nome até então fora do leque de possibilidade surge no cenário eleitoral do município. O agricultor e empresário Vagner Augusto Barausse, 41 anos, ex-presidente do Sindicato Rural de Palmeira e atualmente vice-provedor da Santa Casa, confirmou para a Folha sua pré-candidatura a prefeito pelo PSL. No partido, ele ocupa o cargo de tesoureiro na comissão provisória municipal do partido, que tem o ex-vereador Inácio Budziak como presidente. Vagner carrega, ainda, um histórico familiar na política, pois tanto o pai, Sebastião Barausse, como o irmão, Ítalo Barausse, foram vereadores.

Vagner afirma que na sua intenção de candidatura a prefeito representa o anseio de agricultores e empresários do município, e que vem pensando em mudar o que chama de velha política de Palmeira. Ele questiona a sucessão de prefeitos, há vários anos, o que, na sua opinião, acaba deixando as administrações municipais muito parecidas, sem muitas inovações.

Problemas

Questionado sobre os maiores problemas do município na atualidade, o pré-candidato a prefeito pelo PSL aponta as dificuldades de escoamento de produtos agrícolas no município, afirmando que as estradas deixam muito a desejar, pontuando que são estradas que não servem somente aos agricultores, mas a todos que residem na área rural.

De acordo com Vagner, Palmeira é um município em que a agricultura é muito forte e ele afirma sentir que poderia ser feito muito mais mais para essa classe. “O que nós, agricultores, mais sofremos é com o escoamento da safra, pois nossas estradas deixam muito a desejar”, afirma. Vagner pontua que as estradas rurais, principais e vicinais, não servem só ao agricultor mas a todos que residem na área rural.

Ele disse que a saúde é outro ponto que também suscita preocupações, citando a falta de profissionais nas unidades de saúde do município e no Pronto Atendimento, que funciona junto à Santa Casa. A Prefeitura de Palmeira, segundo sua avaliação, deveria dar maior apoio ao hospital, pois é o único lugar onde a população pode buscar socorro na hora em que precisa.

Pontos positivos

Quando foi motivado a falar sobre os pontos positivos que destacaria para vender Palmeira a interessados em investir no município, Vagner citou primeiramente a localização. “Sem dúvida, é o que mais considero importante para uma empresa e Palmeira está perto da capital, com duas rodovias importante que cruzam o município e o estado, ajudando na logística de qualquer ramo empresarial” afirmou ele. Considerou, ainda, que o Distrito Industrial fica próximo à cidade, facilitando para os administradores e funcionários das empresas, que teriam assim uma qualidade de vida muito maior que em grandes cidades.

Prioridades para 2021

Diante de um cenário que se desenha com traços negativos para este ano de 2020, a considerar, fatalmente, crise econômica, crise de emprego e crise de saúde, o pré-candidato a prefeito pelo PSL disse que, eleito prefeito e assumindo a Prefeitura em janeiro de 2021, saúde e educação serão sempre prioridades. “Teremos, também, que apoiar o comércio e as empresas de Palmeira, fazer com que a população igualmente apoie e valorize o que é da nossa cidade, e invista aqui, fortalecendo assim nossa economia”, prevê Vagner, observando, ainda, que será preciso dar maior assistência aos produtores rurais do município, tanto o grande quanto o pequeno, pois, em sua ótica, os dois têm grande importância e são essenciais para a economia local.

Por Leia A Folha